CENA HÍBRIDA SEG13DEZ

CENA HÍBRIDA 13DEZ COM CLARA LITVIN

Na nossa conversa desta segunda-feira, a bailarina e coreógrafa Clara Litvin conta o trabalho de pelo menos duas dezenas de técnicos, produtorxs, diretorxs e outros profissionais, somado a um elenco formado por mais de 30 artistas chegou ao resultado final do filme What About Jazz? Produção gaúcha, a empreitada realizada durante todo o período de pandemia de Covid-19 está em cartaz na plataforma Sympla, até o final de janeiro de 2022sempre a partir das 19h de sextas-feiras, ficando acessível até a meia-noite de domingos.

O que seria um espetáculo para palco físico virou um produto primoroso de audiovisual que celebra a dança, o teatro musical e o cinema. Promovendo um encontro do público com um jazz nada convencional, com movimentos cheios de excentricidade, ritmos sincopados e inesperados, o filme homenageia grandes obras do gênero, como Chicago, Cabaret, Sweet Charity, Pippin, Liza with a Z, entre outras. 

Clara nos revelou ainda que – como não poderia deixar de ser, tendo em vista este repertório citado – muito do que foi pensado ali é inspirado no trabalho do dançarino, coreógrafo e diretor norte-americano, Bob Fosse. Mas, claro, leva a releitura e a marca de profissionais envolvidxs na produção gaúcha:  Isadora Bonumá (responsável pela direção coreográfica, e pelas criações coreográficas, ao lado de Clara – que por, sua vez, também assina a direção geral do filme); Marta Monaretto (direção musical), Danielle Salmória (direção teatral); Lisi Kieling (direção cinematográfica) e Pablo Chasseraux (direção de fotografia.)

Em cena, as coreografias dão protagonismo também a partes do corpo usualmente pouco exploradas, como dedos, pulsos e tornozelos. Cadeiras e chapéus também entram no ritmo, formando complexas partituras coreográficas, típicas do teatro musical.

Além do processo – que passou por audições, ensaios, ajustes, gravações, edição, etc – para o filme chegar até nós, Clara falou um pouco do universo de musicais de Porto Alegre (ou da quase inexistência dele), de dificuldades e desafios, mas também de alegrias, como poder realizar a produção com apoio de pessoas que acreditam na arte. O filme foi viabilizado pela plataforma Catarse em um financiamento coletivo com mais de 600 apoiadores!

A empolgação com o resultado é tamanha, que, passada a temporada on-line, o grupo já vê no horizonte a possibilidade de levar o espetáculo para os palcos. A ideia é que o projeto What About Jazz? abra novas audições para compor o elenco que levará o espetáculo para os palcos físicos, em 2022. Te liga na divulgação! Por enquanto, para assistir à produção audiovisual, os ingressos podem ser adquiridos na plataforma de exibição (www.sympla.com.br/what-about-jazz__1386401) por R$ 200,00 para cada endereço de IP (o que dá ao usuário permissão de assistir quantas vezes quiser).

Teve mais assunto, afinal foi uma hora de bate-papo, sendo que nessa edição a Clara reinou absoluta, podendo falar de mais trabalhos e projetos. Só para atiçar vocês, a gente dá mais uma palhinha: ela administra um centro de danças, que oferece diferentes cursos, em diversos segmentos. Dá para fazer desde ballet até dança africana, passando por jazz e outros gêneros. Além disso, tem oficinas, focadas em formar atores/bailarinos/musicistas para atuar na cena de forma bem completa. Para saber mais, e ouvir nossa querida convidada, basta apertar o play. Chega junto e #escutanóis! 

Leave a reply