CENA HÍBRIDA SEG06DEZ

CENA HÍBRIDA 06NOV COM HIROSHI NISHIYAMA, ANA MEDEIROS, RAQUEL ZEPKA E TUTA CAMARGO

A primeira edição de dezembro do Cena Híbrida fez muito jus ao nome, com convidados dos três segmentos das artes cênicas: dança, teatro e circo. Essa junção boa aconteceu com a presença do ilustre mestre de butoh Hiroshi Nishiyama, que foi ao estúdio da DFM para acompanhar a bailarina Ana Medeiros, responsável, ao lado dele, por conduzir uma imersão presencial de butoh no MEME Estação Cultural. A oficina, que é aberta não somente para bailarinos e atores, mas para qualquer pessoa que queria colocar seu corpo presente, ocorrerá de 10 a 12 de dezembro (inscrições por aqui:  https://bit.ly/3BTCzhJ).

Os encontros, limitados a até 15 participantes em função dos protocolos sanitários de combate à Covid-19, serão pautados não somente por teoria em torno do butoh, mas muita prática para aprofundar seus princípios. Segundo Ana, haverá saídas para que o grupo possa vivenciar os ensinamentos em alguns espaços da Capital, percebendo os vestígios do tempo e das memórias evocadas na busca pelo sensível.

Para quem está tentando entender o que é o butoh: é uma dança que surgiu no Japão pós-guerra e ganhou o mundo na década de 1970, reverenciando o espaço e o silêncio imerso em estados de presença, e que carrega em si o desejo de integrar a natureza ao que chamamos de cidade. É também conhecida como "a dança da escuridão", por lidar e explorar as sombras (internas) de quem a pratica.

Além desta baita dica para quem busca formação ou conhecimento extra, ou para quem simplesmente queira trabalhar com o corpo de forma sensível e diferente do que a maior parte das ofertas possibilitam, também teve divulgação de espetáculo na edição desta segunda-feira. O ator circense e palhaço Tuta Camargo nos falou sobre a  temporada da peça Assobia e Chupa Cana, queestá ocorrendo no Teatro Arena, desde o último dia 05. Contando com música ao vivo, gags e números tradicionais, o espetáculo leva ao público a dupla Pinguinho e Serragem, protagonizados por Tuta e outro ator querido das lonas de circo: Rafael de Moura.

Estes atrapalhados contadores de causos são ligados por uma grande amizade e cumplicidade. Juntos transformam as dificuldades que encontram pelo caminho em um grande espetáculo. Bem parecido com o que a gente faz no programa, quando tudo começa a dar errado (rsss), só que não: eles são beeeem mais carismáticos e incríiiveis!!! A promessa é de diversão é garantida. Quem quiser levar a família, se liga nos horários, que tem só mais duas sessões neste próximo domingo (12 de dezembro): às 11h e 16h. Os ingressos podem ser comprados antecipadamente no site www.pinguinhoeserragem.com e sempre é bom lembrar que será exigido passaporte vacinal e uso de máscara para entrar no teatro.

Por último, e não menos importante, a atriz e diretora teatral Raquel Zepka nos falou da live de lançamento do seu primeiro livro, Disformia Desatada, que acontece no próximo domingo (12 de dezembro), às 19h, com transmissão pelo Facebook e pelo Youtube da Editora Patuá. Comandada pelo editor Eduardo Lacerda, a conversa terá a presença das escritoras Dia Nobre e Cacá Joanelo, que irão debater com Raquel sobre a construção do livro, que reúne, entre outros textos, uma série de poemas curtos – sem forma definida (por isso o título) –  sobre morte, sonhos, fragilidades pessoais, misticismo e outras temáticas.

O livro ainda terá lançamento presencial no próximo dia 22 de dezembro, às 18h30min, na Livraria Bamboletras e já está à venda no site da Editora Patuá. Para mais detalhes sobre os trabalhos lindos que essa gente querida veio divulgar, o caminho é o de sempre: aperta o play e #escutanóis!

OBS: Este programa tem apoio do MEME ESTAÇÃO CULTURAL

Leave a reply