YES toca 3 discos clássicos do rock progressivo na íntegra no palco do Araújo Vianna

Quando essa turne foi anunciada, Porto Alegre ainda não fazia parte do roteiro.

Meno male que sobrou esse dom26mai na agenda dos caras.

O YES, dono de um dos logos de banda mais legais da história, trouxe, pela segunda vez, sua psicodelia estudada pra capital gaucha (a primeira foi em 19mai1998, terça-feira, no Opinião).

A atual turnê apresenta os discos 'The Yes Album' (1971), 'Close To The Edge' (1972) e 'Going For The One' (1977), na íntegra.

foto (3)

Tres integrantes da formação clássica presentes: o guitarrista STEVE HOWE, o baixista CHRIS SQUIRE e o baterista ALAN WHITE.

JON DAVIDSON, o atual vocalista, não parece com o cantor original do grupo apenas no nome. O cara mantém o clássico tom agudo castratti de JON ANDERSON, uma das marcas registradas da sonoridade do YES.

GEOFF DOWNES no teclado completa a escalação atual.

foto foto (2) 019 014 010 008

CHRIS SQUIRE, um dos maiores domadores de contra-baixo da história, único integrante que participou de todos os discos, é o dono do YES.

foto (1) 018

Minha aposta era que, além do repertório dos discos apresentados nessa turne, também fariam parte do setlist os dois momentos musicais mais marcantes na trajetória do grupo, as fenomenais 'Roundabout' de 1971 e 'Owner Of A Lonely Heart' de 1983. Faltou essa última.

Vamos a mais aquela série de registros tremidos e desfocados (com o agravante de ter sempre aquele chato alcoolizado emocionado cantando junto desafinado) que, apesar de bem intencionados, fariam qualquer amador se sentir profissional.

Esse aqui, de 'And You And I', ficou consideravelmente melhor que os meus. Com direito a closes.

YES 26mai2013 ingresso

 

Leave a reply

Web by: DELTA