O Barriga do Senhor Show

 

 

 

barriga04

Para os que já haviam assistido ano passado, valeu para relembrar e analisar com olhos mais focados o espetáculo "Senhor Barriga é Jovem Ainda", no último dia 28 em Porto Alegre, no bar Opinião. O show era o mesmo, com algumas adaptações no texto e mais improvisado, com a segurança de quem já manja os macetes da língua portuguesa. Infelizmente o clima chuvoso, o final de mês, o período mais curto de divulgação, ou sei lá mais o que, afastaram muitos fãs e a galera não compareceu em peso como no primeiro, o que para quem apareceu para prestigiar o barril de paletó foi um presente, podendo assim chegar confortavelmente pertinho de um dos caras responsáveis pela formação da personalidade de muitos marmanjos na casa dos 30.

Com participação de Gustavo Berriel, dublador do Nhonho e do Jaiminho, Edgar mesclou stand up, músicas clássicas dos episódios de Chaves e Chapolim acompanhado pela banda "Os Inquilinos do Sr. Barriga", além de interagir com os personagens interpretados por Berriel.

Os ápices do show foram as músicas "Ao brincar", do episódio do Pedrinho e o Lobo, quando Edgar jogou diversas bolas para a plateia e a música "Boa Noite Vizinhança", do final do episódio de Acapulco (ou Guarujá, como preferirem) encerrando o espetáculo e deixando muitos fãs emocionados, de novo. Falando em se emocionar, também teve a clássica exibição no telão dos vídeos pessoais capturados em Super 8 por Edgar Vivar durante as gravações de Chaves e Chapolim, imagens de bastidores da galera e suas turnês pelo mundo #euchorei.

barriga03Ao se despedir e sair do palco, Edgar tropeçou no pedestal do microfone e foi ao chão, de frente, com todo o jeito trapalhão do seu personagem, porém agora de verdade. Após algumas (no plural mesmo) pessoas da produção o levantarem e se certificarem de que não havia nenhum ferimento grave, Edgar Vivar voltou ao microfone e deu sua última deixa: "É a primeira vez que venho aqui sem que o chaves me receba com uma pancada e me acontece isso daí!". E ainda me perguntam porque acho o humor mexicano o melhor do mundo.

Fotos: Antonio Felipe Purcino

 

Leave a reply

Web by: DELTA